NONO PASSEIO DO MP SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 2005

Todos os sócios receberam o convite do Clube para o passeio do MP Lafer até São José dos Campos. Saiu uma nota até no Jornal da Tarde: dia 16 de abril de 2005, as 10:30 horas no km 30 da Rodovia Ayrton Senna. Senna, herói do esporte nacional, que também era campeão de carisma ao empunhar a bandeira brasileira em suas vitórias nas pistas do mundo.

Dos 86 MPs que largaram da capital, poucos saberiam distinguir o momento em que a Rodovia Ayrton Senna se torna Rodovia Carvalho Pinto, nome em homenagem ao ex-governador e senador por São Paulo, que também foi ministro da fazenda do presidente Goulart. Estes 86 conversíveis coloridos na estrada eram como uma amálgama de onde não se podia isolar uma só unidade.

Quem participa de um evento como este compreende quando se fala numa espécie de sinergia entre todos que estão ali, seja como motorista ou passageiro. Ali não existe o indivíduo, mas um grupo coeso que segue em uníssono, onde a coletividade é o que importa. Uma coletividade, a dos índios Tamoios, dá nome à próxima estrada por onde os MPs seguem até chegar ao destino do passeio.

Mas antes eles são conduzidos pela Polícia Militar à Avenida Governador Mario Covas, outro político paulista de renome, cujo caráter de hombridade era reconhecido até por seus opositores ideológicos e adversários eleitorais. Ali os carros aguardaram o momento oportuno de acessar os portões do Vale Sul Shopping, cuja edificação já foi uma importante fábrica de calçados.

Trabalhando nesta fábrica, quantos pais de família não educaram seus filhos para a vida? Alguns que provavelmente foram estudar engenharia aeronáutica e até conseguiram emprego em outra empresa de referência nacional, que produz e exporta aviões para vários países do mundo. Não é pouca coisa, alias isso é um motivo de orgulho para todos os cidadãos joseenses.

No estacionamento do mercado, estavam mais seis MPs que totalizaram os 92 carros do encontro anual da marca. No mesmo local Paulo César Remião e Giancarlo receberam menções honrosas do Clube MP Lafer Brasil, pelo trabalho em conjunto com a AMICAR (Amizade, Carros Antigos e Raridades) e Maria Luiza Filomeno foi agraciada com uma grade estilizada de radiador.

Este dia, que reunia todos os atributos para ficar na memória afetiva de todos, infelizmente será lembrado também pelo acidente, no município de Pindamonhangaba, que vitimou José Mauro Rabello, que conduzia seu veículo acompanhado de mais 12 colegas, que seguiam até o encontro vindo do Rio de Janeiro, pela Rodovia Presidente Dutra.

Rabello era como um de nós, e certamente era muito amado por seus amigos e familiares. Podemos perguntar como Deus pôde deixar isso ocorrer com um ente querido... Mas o Senhor entregou o próprio filho para morrer na cruz e nos salvar. E se o filho ressuscitou, então nós também, crendo, viveremos para sempre. Para Deus somos todos iguais.

Por Jean Tosetto e Luciana Torres.

Mais artigos